Lisboa, Portugal – Arco da Rua Augusta

O Arco da Rua Augusta visto a partir do Terreiro do Paço (Praça do Comércio). A sua construção começou poucos anos após o terramoto de 1755, em 1775, mas dois anos mais tarde seria demolido (provavelmente sem ter ainda sido terminado). A sua reedificação começa em 1783 sob o comando do arquitecto Veríssimo José da Costa, terminando as obras em 1785. Na parte superior do arco podem ver-se as esculturas de Calmels que representam a Glória, coroando o Génio e o Valor, enquanto no plano inferior as esculturas de Vitor Bastos que representam Nuno Álvares Pereira, Viriato, Vasco da Gama e o Marquês de Pombal. No topo do arco uma inscrição em latim cuja tradução é: “Às Virtudes dos Maiores, para que sirva a todos de ensinamento. Dedicado a expensas públicas”.

Anúncios

2 thoughts on “Lisboa, Portugal – Arco da Rua Augusta

  1. «Às Virtudes dos Maiores, para que sirva a todos de ensinamento. Dedicado a expensas públicas».
    E o que é que isso significa?

    Se ele é dedicado às despesas públicas, então em memória dos dinheiros dos TGV, BPN, SCUTs, buraco da Madeira e afins, também poderíamos construir um arco em forma de túnel…

Deixe o seu comentário! Ainda não paga imposto, por enquanto...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s