Évoramonte, Portugal – 26 de Maio de 1834

172-Évoramonte

Capitulação dos miguelistas, que pôs termo à guerra civil entre absolutistas liderados por D. Miguel e liberais chefiados por D. Pedro.

Anúncios

7 thoughts on “Évoramonte, Portugal – 26 de Maio de 1834

  1. Depois desta lição de história, resta saber o porquê de ter sido nesta casa e não na casa ao lado, ou em Beja, ou em Ponte de Lima. Porque é que a convenção teve que ser assinada nesta casa em Evoramonte?
    😛

    • Évoramonte era a única região do país que continuava fiel a D. Miguel, logo todo o quartel-general dos absolutistas estava ali sediado. Enfraquecido militarmente, restavam 4 hipóteses: tentar uma batalha final às portas de Évora, continuar uma guerra de guerrilha no Alentejo, retirar para Espanha, ou pedir o armistício aos liberais. Por decisão do Conselho de Guerra optou pela última.

      Saudações!

  2. Uf!!! Um pouco fora de horas hoje, mas só agora deu para passar por aqui…
    Então foi aqui, nesta casa, com um ar tão pacífico… que se assinou a convenção de paz?
    Mas qual paz?… Eu todos os dias vejo o pessoal lá no parlamento, só… pás!… pás!… pás!… uns para os outros… e o que vale é que não estamos na América… senão havia mais vitimas… para além de nós… que já levamos com eles…
    Bom ver que a paz… ainda por lá ronda… a avaliar pela imagem… com esse branco imaculado.
    Excelente imagem, como suporte, para lembrar esse facto histórico…
    Saudações pacíficas!
    Ana

  3. Então foi aqui neste local, tão pacífico que se assinou a convenção de paz?…
    Por isso é que eu vejo os deputados na assembleia… quase todos os dias, só… Pás!…Pás!…Pás! Uns para os outros… Então foi aqui, que tudo começou…
    Excelente imagem, como suporte deste facto histórico!
    Saudações pacíficas!
    Ana

  4. Bom ver que os meus comentários também chegaram aqui… a monte…
    O meu computador de vez em quando… prega-me umas partidas, que nem dá para entender…
    Saudações aos montes…
    Ana

  5. Desconhecia que tinha sido em Évoramonte que tinha acabado o conflito entre absolutistas e miguelistas.
    Estamos sempre a aprender. Uma imagem que aparentemente simples, nos transporta para o essencial.

Deixe o seu comentário! Ainda não paga imposto, por enquanto...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s