Constância, Portugal – Camões…

04 - Constância

Camões debaixo do pomar e de olhos no Zêzere…

Terra onde o poeta terá – durante o seu desterro, por volta de 1546, e à altura denominada de Punhete – escrito alguns dos seus poemas líricos.

Anúncios

2 thoughts on “Constância, Portugal – Camões…

  1. Dada a existência da descoloração na perna/joelho do Camões, é sinal que muita gente anda a sentar-se no colo dele. E Será que o Roadrunner também se sentou no colo do Camões, e ficou a admirar a Punhete?
    🙂

  2. Belíssima homenagem… ao poeta que via mais com um olho… do que muita gente com os dois bem abertos…
    E por um pouco, se calhar, se tivesse levado com uma maça na cabeça… ainda descobria a teoria da gravidade antes do Newton…

Deixe o seu comentário! Ainda não paga imposto, por enquanto...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s