Aveiro, Portugal – José Estevão

José Estevão Coelho de Magalhães, de seu nome completo, nasceu em Aveiro em 26 de Dezembro de 1809 e foi um acérrimo defensor do liberalismo em contraponto ao absolutismo reinante no início do século XIX. Brilhante aluno, interrompeu o curso de Direito que frequentava em Coimbra, para se alistar no Batalhão de Voluntários Académicos e bater-se pela causa da Revolução Liberal, como fizeram Alexandre Herculano e Almeida Garrett. Esteve exilado em Inglaterra e na Ilha Terceira, nos Açores, tendo participado no desembarque do Mindelo. Foi condecorado pelo Imperador D. Pedro com o Grau de Oficial de Torre e Espada como reconhecimento pelos seus feitos, nomeadamente, e entre outros, na participação da defesa da cidade do Porto, em 1833, onde se bateu corajosamente. Com o fim da guerra civil e com a vitória liberal, termina o seu curso e inicia a sua actividade política e jornalística com grande destaque. Em 1841, fundou a “Revolução de Setembro”, o jornal mais importante da imprensa liberal de então. Na sequência da revolta da Maria da Fonte, participou na Patuleia (guerra civil iniciada em 1846 entre cartistas e uma coligação contra-natura de miguelistas e  setembristas), integrando o exército rebelde de setembristas que operava no Alentejo. Faleceu em Lisboa, em 4 de Novembro de 1862, aos 52 anos. Na lateral da estátua podem ver-se alguns dos mais notáveis discursos por ele proferidos.

3 thoughts on “Aveiro, Portugal – José Estevão

  1. Excelente resumo da vida política e académica, desta proeminente figura portuguesa, onde nem foi esquecida a sua participação activa na Patuleia alentejana.

    “Trago na minha epopeia
    O grito da Patuleia
    Que clama assim como eu
    Num sentimento profundo
    Descrevo a cada segundo
    A dor de quem já sofreu”

    Não fora temer ser barrada na entrada teria trazido, a reboque comigo, a «Maria da Fonte» , mais o Vitorino, mais a Marcha da Patuleia… 😀

    PS- Muito bonita é a nossa calçada portuguesa. Arte com tendência a desaparecer…

    Gostar

  2. Pois não conhecia, tão interessante figura… defensor de tantos ideais e valores… mas apraz-me ver-lhe o reconhecimento dado, em tão bela Praça!…
    Já aprendi mais alguma coisita, hoje…
    Gostei imenso da perspectiva escolhida, enaltecendo a pose de discurso…
    Saudações ainda meio fungadas!
    Ana

    Gostar

  3. Tão famoso, tão famoso…. mas que actualmente é totalmente desconhecido.
    Se formos à rua e perguntarmos a 10 pessoas quem foi José Estevão, acho que ninguém o irá conseguir dizer. Eu contra mim falo, porque não me lembro de alguma vez ter ouvido ou lido sobre José Estevão.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: